16 de novembro de 2015

Aeon Flux

A história por de trás da HQ não é muito complicada. Ela reúne elementos que estava em cena durante os anos 90. Vírus mortais, clonagem e aeon_flux_31grupos revolucionários são os três elementos principais que contam como a raça humano foi dizimada por um vírus, deixando para trás apenas duas cidades e muitos problemas com relação a reprodução entre os seres vivos.

Tudo começa quando em 2011 um vírus mata 99% da população do mundo, deixando para trás os
sobreviventes em um mundo onde a mãe natureza começou a tomar conta de todos os espaços. Os que não morreram na epidemia formaram duas cidades: Monica e Bregna e se uniram para sobreviver. Com o tempo essas duas fortalezas prosperam e delas rebeldes nasceram, como se é de esperar. Esse rebeldes queriam sair de dentro de Monica e Bregna para habitar o mundo pós-virus dominado pelas plantas e pelos animais silvestres.

Aeon é a personagem que dá nome a série e a responsável pelo o que chamamos aqui de espionagem de destruição. Treinada com as melhores técnicas de artes marciais e um conhecimento razoável sobre a verdade que a cerca. Essa jovem e bela “mulher” se torna a arma mais letal da resistência Monicana (como são chamados os rebeldes) contra o poder opressor do governo dos irmãos Goodchild, que são os cientistas responsáveis pela “cura” da humanidade.