2 de setembro de 2013

Hal Foster - Príncipe dos Ilustradores

Harold Rudolph Foster nasceu no Canadá no final do século XIX, época em que as histórias em quadrinhos mal existiam! Na época que começou a desenhar, “comics” tinha uma razão de ter esse nome: a maioria das paradas eram gags e cartuns humorísticos. Por isso ele não levou muito a sério a área e decidiu não investir seu talento - que ele conseguiu após suados e dificultosos anos trabalhando e estudando em escolas de arte longínquoas – nela… por enquanto!

No começo trabalhava como ilustrador e desenhava para revistas diversas, até que foi convidado para desenhar “Tarzan”, uma das primeiras hqs “sérias” publicadas nos Estados Unidos. No entanto, apesar do grande sucesso que o personagem conseguiu graças ao seu traço e suas habilidades narrativas, Foster decidiu tirar o seu de lá e partir para um projeto mais ousado: um projeto autoral chamado Principe Valente.

Com uma arte que elevou e MUITO o nível dos comics americanos (que no início do século XX eram basicamente cartuns estilizados), o jovem cavaleiro alcançou sucesso rapidamente. Mestre Hal inclusive até evitava de colocar balões nos quadros de Principe Valente para não depreciar sua arte – que era uma das melhores na época. Sua HQ fez história e rodou o mundo, aportando e ganhando fãs fervorosos inclusive no Brasil. A fama foi tamanha que ele foi eleito um membro da Great Britain’s Royal Society of Arts… quase um título de cavaleiro dos ilustradores!