23 de janeiro de 2008

Morre Heath Ledger, O Coringa


O Corpo de Heath Ledger vai passar por um exame de autópsia nesta quarta feira para confirmar se a causa da morte foi mesmo overdose. Essa suspeita passou ser cogitada depois que a polícia achou pilulas calmantes próximo de sua cama. Famoso por seu sucesso no filme" O Segredo de Brokeback Montain" , o ator foi encontrado morto por volta das 15 horas desta terça feira, no quarto de seu apartamento em Nova York.

Não há indícios de de crime, mas a polícia não descarta a possibilidade de suicídio, apesar de não ter sido encontrado nenhum bilhete ou carta. A hipótese mais aceita é que a causa tenha sido o uso uso excessivo de calmantes, mas ainda não existem confirmações.

Os fãs do Batman em todo o mundo se encontram chocados diante desta notícia. Ledger estava vivendo um dos mais brilhantes momentos de sua carreira, pois grande era a espectativa por sua interpretação como o como o Coringa no filme " Dark Knignt" , previsto para estrear em breve, nos EUA e no Mundo.

Nos resta agora aguardar a estreia do filme , que agora tem uma conatação muito maior, O Coringa de Ledgerv será o seu último legado a toda Legião de fãs do Homem-Morcego. Só nos resta agora esperar......


21 de janeiro de 2008

CQQ 05 - Batman no Cinema

Embora estejamos vivendo a expectativa da estréia no novo filme, Dark Knigth, ainda este ano, as aventuras de Batman no cinema remotam aos idos da Segunda Guerra Mundial.

Década de 40




Folhetos de apresentação :
" O Morcego" (1943) " A Volta do Homem-Morcego" (1949)

Em 1943, os grandes sucessos do cinema eram os seriados, ou seja, filme em capítulos semanais exibidos nas matinês vespertinas dos cinemas. Neste cenário, foi lançado o filme, “O Morcego” (Batman), dirigido por Lambert Hillyer, e com Lewis Wilson (Batman), Douglas Croft (Robin), J.Carrol Naish (Daka), Willian Austin (Alfred), Shirley Paterson (Linda), Charles C. Wilson (Capitão Arnold) e Charles Middlenton (Ken Colton).
Como o ambiente da época era de guerra, o vilão do filme não poderia deixa de ser um espião japonês caso, o diabólico Dr Daka, que era capaz de transformar seus inimigos em zumbis ou em comida para seus terríveis crocodilos. Este seriado teve 15 episódios.



Lewis Wilson (Batman) e Douglas Croft (Robin) no seriado de 1949
O segundo seriado, “A Volta do Homem Morcego” (Batman and Robin), foi dirigido por Spencer Bennet e no elenco encontramos Robert Lowery (Batman), John Duncan (Robin), Jane Adams (Vicki Vale), Lyle Talbot (Gordon), Don Harvey (Nolan) e William Fawcett (Hammil). Nesta aventura, nossos heróis são convocados pelo Comissário Gordon, da polícia de Gothan City, para localizar um aparelho de controle remoto, roubado pelo criminoso autodenominado “O Mago”. Nesta aventura, Bruce, Dick e a jovem fotografa Vicki Vale presenciam os capangas do Mago assaltarem a joalheria para se apoderarem dos diamantes necessários para fazer funcionar o aparelho inventado pelo Professo Hammil. Além disso, o mago tinha como arma, O Raio da Morte, que poderia deixar pessoas e objetos invisíveis. Este seriado também teve 15 episódios.



Robert Lowery (Batman) e John Duncan (Robin) no seriado de 1949
Apesar de tudo isso, os dois seriados não agradou muito o publico da época. Pois em comparação com os nossos heróis nos quadrinhos, a Columbia Pictures, deixou a desejar em diversos pontos: primeiro que os atores não tinham um porte físico que fizesse jus ao Homem Morcego. Depois os trajes dos nossos heróis eram vergonhosos (a máscara do Batman parecia de um coelho e não de um morcego). E além disso, a falta de imaginação dos autores que não apresentaram nos seriados, os grandes vilões dos quadrinhos de Batman, O Coringa, O Pingüim e a Mulher Gato.
Anos 60


Adam West na TV e no filme de 1966
Nos anos 60 aconteceu a grande tragédia, na trajetória do Batman. A década da de 60 foi marcada pelo movimento Hippie, pelo Psicodelismo e pela revolução de costumes. No meio de toda essa revolução, o produtor William Dozier resolveu transformar o cavaleiro das trevas em um arremedo de herói. Os seriados de TV herdaram a formula da continuação para prender o espectador. Por isso as aventuras do Batman e Robin (Adam West e Burt Ward) eram divididas em dois episódios. No primeiro capítulo acontecia o desenrolar da história sempre terminava com a dupla dinâmica capturada e colocada em verdadeiras geringonças imaginadas pelos gênios do crime daquela época, o Coringa, O Pingüim, o Charada ou a Mulher Gato. O mais interessante, era que os vilões saíam de cena antes que os heróis fossem eliminados pela inusitada armadilha. Então o capitulo terminava com o narrador incrédulo que a dupla dinâmica seria capaz de se salvar e forma inesquecível, anunciava a continuação da trama para o dia seguinte, na mesma bat-hora, no mesmo bat-canal.
Inesquecíveis também eram, o sofisticado telefone vermelho usado pelo comissário Gordon para convocar Batman e Robin para mais uma missão, o inexplicável fato que Bruce e Dick desciam por um cano escondido na biblioteca da mansão Wayne e chegavam na Batcaverna já vestidos com Batman e Robin.
A vergonhosa atuação de Adam West como Batman marcou de forma cruel à imagem do “Cruzado de Capa”. Os roteiros surreais, o porte atlético “gordinho” de West e Burt Ward repetindo de forma imbecil o bordão, “Santa não-sei-oquê Batman” foram suficientes para “avacalhar de vez a imagem do cavaleiro das Trevas”.
Os Engraçadissímos Vilões

O mais interessante nestes seriado eram os vilões especialmente convidados. O coringa (César Romero), o Pingüim (Burgerss Meredith), O Charada (Frank Gorshin) e a Mulher Gato ( Lee Merwheter) eram fundamentais para o sucesso da série. Tanto que em 1966, o diretor Leslie Martinson, resolve investir na popularidade do seriado, realizando um longa metragem para o cinema, denominado “Batman” como o mesmo elenco da série de TV. Nesta aventura todos os vilões se unem para derrotar o Homem Morcego, o que nunca acontecia na TV. Porém os resultados desta “Super produção” foram extremamente fracos.
Não sei se serve de consolo aos fieis fãs do Homem Morcego, mas após o término do seriado, Adam Westw e Burt Ward nunca mais conseguira um papel no cinema ou na TV.... É a Vingança do Morcego...(rrrsss).

Batman , o Filme (1989)


Sinopse : Em Gothan City, um milionário, que quando Jovem teve seus pais assasinados por bandidos, resolve combater o crime como Batman, o Homem-Morcego.Ma o vilão Coringa decide dominar a cidade e se torna um desafio para o Super heroi.



Direção : Tim Burton

Elenco :

Jack Nicholson (Coringa)
Michael Keaton (Bruce Wayne/Batman)
Jerry Hall (Alicia Grissom)
Michael Gough (Alfred Pennyworth)
Pat Hingle (James Gordon)
Robert Whul (Alexander Knox)
Jack Palance (Carl Grissom)
Kim Bassinger (Vicki Vale)
Billy Dee Willians (Harvey Dent)
Logo que Michael Keaton foi anunciado como o ínterprete do Batman, as críticas foram muitas, uma vez que este ator era muito conhecido por trabalhar em comédias , como "A Pequena Loja de Horrores", o temor de todos era que após 30 anos o Batman, continuasse condenado a ser um personagem cômico. Porém que ele consegui fazer um Batman razoável, apesar de os Bat-maníacos preferirem um ator mais atlético. O ponto alto do filme foi a participação de Jack Nicholson como o Coringa. O Coringa realmente roubou o filme.

Batman o Retorno (1992)
Sinopse : Quando tudo parecia tranqüilo em Gotham City, o milionário Max Sherck (Christopher Walken) tenta fazer com que Pinguim (Danny DeVito), um ser deformado que foi abandonado nos esgotos quando bebê, seja prefeito da cidade, a fim de ampliar seus poderes. Enquanto tenta desmascarar a dupla, Batman (Michael Keaton) descobre uma nova ameaça: a Mulher-Gato (Michelle Pfeiffer), ex-secretária de Max que, apesar de ser linda e sedutora, também tem dupla personalidade, em razão de problemas no passado. Depois de sentir-se traída quando soube que Max e Pinguim não a inclui em seus planos, ela decide também dominar o mundo do crime


Direção : Tim Burton

Elenco

Michael Keaton (Bruce Wayne / Batman)
Danny DeVito (Oswald Chesterfield Cobblepot / Pinguim)
Michelle Pfeiffer (Selina Kyle / Mulher-Gato)
Christopher Walken (Maximilian "Max" Shreck)
Pat Hingle (Comissário Gordon)
Michael Gough (Alfred Pennyworth)
Michael Murphy (Prefeito)

Neste filme , repetido a direção de Tim Burton e o ator Michael Keaton, gostaria de destacar a interpretação de De Vitto de um Pinguin "grotesco", pessoalmente eu não concordo, embora a atuação de o ator tenha sido muito boa e a presença da Mulher Gato como um personagem metalmente pertubado.que diga-se de passagem também não concordo. a atmosfera sombria do filme deve se destacada como própria de Gothan City.

Batman, Eternamente (1995)

Sinopse: Neste filme, os vilões, Charada (Jim Carrey) e Duas-Caras (Tommy Lee Jones), se unem para desmascarar o Homem-Morcego, encarnado por Val Kilmer. Além disso, Batman precisa resistir às cantadas da sexy psicóloga Chase Meridian (Nicole Kidman) que tenta seduzí-lo a todo custo. Mas, quando ele mais precisa de ajuda, surge Dick Grayson (Chris O'Donnell), que se transforma em Robin após perder a família por culpa de Duas-Caras.






Direção: Joel Schumacher

Elenco

Val Kilmer (Bruce Wayne / Batman)
c (Dick Grayson / Robin)
Tommy Lee Jones (Harvey Dent / Duas-Caras)
Jim Carrey (Edward Nigma / Charada)
Nicole Kidman (Dra. Chase Meridian)
Michael Gough (Alfred Pennyworth)
Pat Hingle (Comissário Gordon)
Drew Barrymore (Sugar)
Debi Mazar (Spice)
Rene Auberjonois (Dr. Burton)
Dennis Paladino (Chefe Moroni)
Kimberly Scott (Margaret)
Ramsey Ellis (Jovem Bruce Wayne)
Michael Scranton (Thomas Wayne)
Eileen Seeley (Martha Wayne)



Agora Surge o menino-prodígio, que diga-se de passagem de ter no mínimo uns trinta anos, e também agora o Batman tem que enfrentar dois vilões, o Charada e o Duas-Caras. Dois seres "loucos-de-pedra", típicos dos inimigos do Batman. A mudança do ator principal, Val Kilmer, não altera em nada a interpretação do personagem. Destaque para impécavel atuação e Interpretação de Jim Carrey como o Charada.

Batman e Robin (1997)


Sinopse : Após cair numa solução congelante tentando descobrir a cura para a doença de sua esposa, Mr. Freeze (Arnold Schwarzenegger), um homem que sobrevive graças a uma armadura capaz de manter seu corpo a 50 graus negativos, planeja roubar diamantes para finalizar uma arma capaz de congelar toda Gotham City. Longe dali, na América do Sul, uma cientista dedicada (Uma Thurman) sofre uma mutação e se transforma em Hera Venenosa, um ser metade mulher e metade planta. Após juntar-se com Mr. Freeze, ela tentará jogar Robin (Chris O´Donnell) contra Batman (George Clooney). Agora, para livrar-se dessa ameaça, a dupla dinâmica contará com a ajuda de Barbara (Alicia Silverstone), a sobrinha de Alfred que, após descobrir a verdadeira indentidade de seus anfitriões, decide ajudá-los usando como pseudônimo Batgirl.


Direção : Joel Schumacher

Elenco :

George Clooney (Bruce Wayne / Batman)
Chris O'Donnell (Dick Grayson / Robin)
Arnold Schwarzenegger (Dr. Victor Fries / Mr. Freeze)
Uma Thurman (Dra. Pamela Isley / Hera Venenosa)
Alicia Silverstone (Barbara Wilson / Batgirl)
Michael Gough (Alfred Pennyworth)
Pat Hingle (Comissário Gordon)
Elle Macpherson (Judie Madison)
Vivica A. Fox (Sra. B. Haven)
Vendela Kirsebom (Nora Fries)
Jeep Swenson (Bane)
Michael Reid MacKay (Antonio Diego)


No segundo filme dirigido por Joel Schumacher, o homem morcego muda novamente de intérprete, e temos como vilão, o mais frio dos inimigos do Batman, Mr. Freeze. Além disso, além disso aparece a Hera Venenosa como vilã coadjuvante. Na minha opinião este é o melhor filme (depois de Begins, é lógico) , embora a interpretação de Schwarzenegger, não traga nenhuma surpressa, o roteiro me pareceu com uma trama mais contundente, a presença de Alicia Silverstone como a sensual Batgirl,vem desviar os eternos comentários sobre uma possível relação " afetuosa" entre a dupla dinâmica.

Batman Begins (2005)

Sinopse :A história do filme conta a origem da lenda de Batman e o surgimento do Cavaleiro das Trevas como uma força do Bem em Gotham. Marcado pelo assassinato de seus pais, o desiludido herdeiro milionário Bruce Wayne viaja pelo mundo em busca de meios para combater a injustiça e provocar medo naqueles que se aproveitam dos inocentes. Ele retorna a Gotham e revela seu alterego: Batman, um justiceiro mascarado que utiliza força, inteligência e um arsenal tecnológico para lutar contra as forças sinistras que ameaçam a cidade representadas pelo vilão Ra's Al Ghul .

Direção :Christopher Nolan

Elenco
Christian Bale (Bruce Wayne / Batman)
Michael Caine (Alfred Pennyworth)
Liam Neeson (Henri Ducard)
Morgan Freeman (Lucius Fox)
Gary Oldman (Tenente James Gordon)
Ken Watanabe (Ra's Al Ghul)
Katie Holmes (Rachel Dawes)
Cillian Murphy (Dr. Jonathan Crane / Espantalho)
Tom Wilkinson (Carmine Falcone)
Rutger Hauer (Richard Earle)

Este sim !!! Esté é o FILME. Apague tudo que você viu nos outros filmes. Begins reconta a origem do personagem, com um ator menos famoso, com um realismo e competência extraórinarios. a úca coisa que eu tenho a acrescentar, é que a interpretação de Ra's Al Ghul merecia uma postura mais imponente.

Batman, Dark Knigth (2008)



Sinopse : Com a ajuda do tenente Jim Gordon e o promotor Harvey Dent , Batman tem feito avanços contra o crime local em Gotham... até que um gênio do crime conhecido como Coringa libera uma onda de caos na cidade. Para impedir essa sinistra nova ameaça - o mais pessoal e maligno inimigo que Batman já enfrentou - o Cavaleiro das Trevas terá que empregar todo seu arsenal e habilidades e confrontar até mesmo suas maiores crenças.

Direção : Christopher Nolan

Elenco

Christian Bale (Bruce Wayne/Batman)
c (Joseph 'Joe' Kerr/Coringa)
Aaron Eckhart (Harvey Dent/Duas-Caras)
Maggie Gyllenhaal (Rachel Dawes)
Michael Jai White (Gamble)
Michael Caine (Alfred Pennyworth)
Gary Oldman (Tenente James 'Jim' Gordon)
Colin McFarlane
(Comissário Loeb)
Morgan Freeman (Lucius Fox)

Esta é grande espectativa para 2008.Devemos contar com o mesmo clima de realismo do filme anterior. A nova interpretação para o coringa deve ser um dos pontos altos do filme, embora o diretor já tenha divulgado que não teria pensado no palhaço do crime para esta sequência. No final de Batman Begins a carta que insinua a presença de Coringa numa sequência foi suficiente para que os fã pressionasem e Nolan tenha escolhido o Coringa.

Fontes :

http://pt.wikipedia.org/wiki/Batman e
arquivo pessoal
Veja o que os outros membros do CQQ postaram! Lembrando que o tema deste CQQ é Quadrinhos e cinema.
Blog do Hiroshi : História dos Quadrinhos no Cinema
O Busilis: O Namoro Conceitual Entre Cinema e Quadrinhos
Cibertron: Conan o Bárbaro
Quadrideko: Batman no Cinema

19 de janeiro de 2008

O Copo D'água


O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse.– "Qual é o gosto?", perguntou o Mestre.– "Ruim" disse o aprendiz. O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago, então o velho disse :– "Beba um pouco dessa água". Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:– "Qual é o gosto ?"– "Bom !", disse o rapaz.– “Você sente gosto do sal ?", perguntou o Mestre.– "Não", disse o jovem. O Mestre então sentou ao lado do jovem, pegou sua mão e disse :– A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende do lugar onde a colocamos. Então quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido das coisas. Deixe de ser um copo. Torne-se um lago...


Autor desconhecido

(Citação do filme: Patch Adams. O amor é contagioso. Direção de Tom Shadyac)

18 de janeiro de 2008

16 de janeiro de 2008

Carnaval de Quadrinhos das Quartas # 4


E o Quadrideko orgulhosamente apresenta .......tcharaaaaaaam.....
O Carnaval de Quadrinhos das Quartas - Quarta Edição . É meus amigos chegamos ao número 4 deste vitorioso projeto idealizado pelo Daniel Morine do Blog do Hiroshi, cujo um dos obejetivos é permitir uma maior interação com os Blogs de Quadrinhos. Aproveitamos para a gradecer a presença de mais um participante , o blog Cibertron. E desta vez o Tema é : "Em Algum Lugar dos Quadrinhos ", descrevendo os mais incriveis cenários de nossos personagens favoritos, que algumas vezes são tão bem descritos que parecem que realmente poderiam existir. Agora vejamos as escolhas de nossos blogs participantes :



Toca do Calango : A Aldeia do Asterix

O Busilis : Sin City

Zine Acesso : Asgard

Blog do Hiroshi : Gotham City

Reviews de Histórias em Quadrinhos : Stamford

Rabisco : Terra Selvagem

CQQ 04 - Themyscira - A Ilha Paraíso


Themyscira é um arquipélago situado em uma dimensão diferente da nossa, pertencente ao mundo das histórias em quadrinho da DC Comics, adaptado da mitologia grega. Somente os deuses gregos e a Mulher Maravilha (se estiver usando as sandálias de Hermes) podem transitar entre as duas dimensões.
É nesse arquipélago que fica a Ilha Paraíso, sede do arquipélago e onde ficam a maioria das amazonas e sua rainha Hipólita.
É lá também que fica uma das entradas para o Hades (inferno grego) habitado por inúmeros seres mitológicos. As amazonas foram "condenadas" após sua expulsão da grécia antiga a cuidarem para que esses seres não escapem jamais.
Há 30.000 anos atrás, um homem das cavernas mata sua companheira grávida. Seu espírito é levado por Gaia, a Deusa-terra, para a fonte das almas. Esta é a primeira de muitas almas que são recolhidas por Gaia ao longo do tempo, todas de mulheres injustamente assassinadas por homens.
Muito tempo depois, cinco deusas olímpicas, Ártemis, Athena, Demeter, Hestia, e Afrodite, selecionaram as almas recolhidas pela Deusa Gaia, e enviaram estas almas novamente para Terra para viver novamente em corpos fortes, perfeitos e imortais. Estas almas se transformaram nas Amazonas, cuja missão era ensinar as virtudes a todo mundo Patriarcal.
Ases Amazonas foram dados grande força física, beleza, sabedoria, amor, e sentidos altamente aguçados. Sendo seus corpos criados a partira da argila, elas partilham uma grande relação com a natureza. Eram governadas por duas irmãs, Hypólita e Antiope e fundaram a cidade-estado de Themyscira, na Ásia Menor.
Ares, o Deus da Guerra e principal inimigo das amazonas, manipulou os eventos de forma que Heracles pudesse seduzir e trair a Rainha Hypólita. Herácles, Theseu e seus homens subjugam Hipólita, Devastam Themyscira e fazem das Amazonas suas escravas sexuais. A deusa Athena concorda em ajuda as amazonas, mas com uma condição, elas não podem ir contra os seus princípios de virtude e se vingar de Herácles e seu captores. Após concordarem com os termos, Athena liberta as Amazonas de suas prisões. Porém, uma vez libertadas, as amazonas mataram a maioria de seus adversários. Pouco depois, Antiope lidera um grande exército de Amazonas contra a Grécia, buscando vingança contra Herácles.
Como punição por terem falhado em sua missão de levar a virtude ao mundo, as amazonas fiéis a Hipólita são levadas a uma ilha remota onde se tornam guardiãs do Hades e devem impedir a fugas dos monstros que ali vivem. Renomeado a ilha paradisíaca, como Themyscira, em homenagem a sua cidade destruída, as Amazonas iniciam a sua nova vida, erguendo edifícios e monumentos e aperfeiçoando suas habilidades como artesãs e guerreiras. Porém as algemas que as prendiam, permanecem em seus braços para lembrá-las de seu passado e de sua nova responsabilidade.
Nos anos que seguiram, era comum o aparecimento de crianças do mundo patriarcal, vítimas de naufrágio nas praias de Themyscira. Estas crianças eram cuidadas pelas Amazonas e devolvidas ilesas a suas famílias. Julia Kapatelis, uma menina grega, foi uma destas crianças.
Durante quase 3.000 anos, as Amazonas viveram sem serem molestadas pelo mundo exterior, até que, durante a segunda guerra mundial, a militar Diana Rockwell Trevor é encontrada nas costas de Themyscira e acaba morrendo para salvar um grupo de Amazonas de alguns monstros que estavam fugindo do Hades. As insígnias que Diana usava se transformaram em um símbolo de armas das amazonas.
Devido a grande solidão, a rainha Hypólita esculpe um bebê em barro. A estatua de barro é agraciada com vida e com o último espírito da Fonte das Almas de Gaia. E as deusas Olímpicas lhe presenteiam com poderes. Chamada de Diana ( em homenagem a Diana Trevor), a menina é a primeira criança a ser criada exclusivamente em Themyscira.
Anos mais tarde, o oráculo Menalippe descobre que Ares o Deus da Guerra, está de volta e planeja o planeta em uma guerra nuclear. Os deuses ploclamam que a maior campeã de Themyscira irá derrotar Ares. Vencendo a competição, contra a vontade de Hypólita, Diana recebe as vestes sagradas das amazonas e se aventura pelo mundo patriarcal, derrotando o Deus Ares e salvando o planeta da terceira guerra mundial. A partir daí Diana assume o nome de Mulher maravilha e com a ajuda de Julia Kapatelis, passa a pregar os ideais amazônicos de igualdade e coexistência pacifica entre as pessoas, pelo mundo patriarcal.
Ao regressar a Themyscira, Diana se encontra com Zeus, que quer se unir fisicamente a ela. Quando Diana recusa, Zeus lança sobre Diana o Desafio dos Deuses, durante o qual Diana destrói o portal dos monstros de Hades, como parte do desafio. Mais tarde, Diana ajuda a libertar Heracles de seu confinamento, que depois de pedir profundas desculpas as Amazonas, por seu comportamento, se torna o primeiro homem a pisar em Themyscira. Liberadas da missão de guardar o portal do Hades, as amazonas podem baixar suas armas pela primeira vez em 3.000 anos. Após a destruição do Olimpo por Darkseid, e mudança dos deuses para outro lugar, as amazonas são autorizadas a decidir seus próprios destinos e aceitam abrir a portas de Themyscira ao mundo exterior. Julia e Vanessa Kapatelis são umas das primeiras estrangeiras a pisar na ilha Paraíso.
Anos mais tarde, as amazonas egípcias, as Bana-Mighdall., descendentes de Antiope, após se unirem as Themycirianas, para derrotar Circe, passam a viver na ilha paraíso, apesar de suas diferenças.
Mais tarde, Themyscira é invadida por Darkseid e seus parademônios, em busca do segredo da imortalidade dos Deuses. Cerca de 1200 Amazonas são assassinadas e a ilha é deixada em ruínas. Como conseqüência, as amazonas sobreviventes, devido à ausência de seus criadores, os deuses olímpicos, retornam ao seu estado primordial de pedra. Até que o como o retorno dos deuses ao Olimpo, as amazonas retornam ao seu estado normal.
Após algum tempo, graças a uma manipulação do espírito Adriane, a assassina de Antiope, as Bana-Mighdall. e as Themyscirianas entram em uma guerra civil, devastando a ilha novamente. A guerra só termina com a renúncia de Hypólita ao trono real.
Mesmo sendo oponentes políticas, as duas facções das Amazonas se unem para combater o alienígena Imperiex. Nesta nova batalha a ilha é transportada desta dimensão e destruída. Com a ajuda da Mulher maravilha e da união das Amazonas o inimigo finalmente é derrotado, mas custas de grandes perdas nas duas tribos de Amazonas.
Após a ilha tinha sido destruída por Imperiex, Themyscira foi reconstruída e transportada, mais uma vez, desta vez para o triangulo das bermudas. A ilha foi reconstruída com tecnologia alienígena e graças aos poderes combinados das Deusas gregas e egípcias, transformando-se num grande conjunto de ilhas flutuantes, governada por membros de ambas as tribos de Amazonas.
Depois de algum tempo, a Nova Themyscira quase foi destruída graças aos ataques de ciúmes e ódio da Deusa Hera.Como conseqüência, as ilhas deixaram de flutuar no ar e se tornaram um aglomerado de ilhas comuns.
Recentemente, durante o evento “Crise Infinita”, a ilha sofreu um ataque das forças de OMAC. Após este e aos diversos outros ataques que a ilha sofreu, desde que Diana se tornou a Mulher Maravilha, ficou decidido em conjunto pelos deuses Olímpicos e Egípcios, que a ilha e seus habitantes seria transportada, para um local desconhecido, para que finalmente possa viver em Paz.



Primeira aparição :
All Star Comics # 8 (1941)

Criadores :
Dr. William Moulton Marston & Harry G. Peter

Fontes :
http://dreamers.com/dcsecretfiles/amazons_of_themyscira.htm


Este post faz parte da edição 4 do Carnaval de Quadrinhos das Quartas , que teve com tema desta semana :
" Em Algum Lugar nos Quadrinhos "

13 de janeiro de 2008

Carnaval de Quadrinhos das Quartas


O Carnaval de Quadrinhos das Quartas é é um projeto de postagem coletiva idealizada pelo Daniel Morine do Blog do Hiroshi. A idéia é a cada semana , propor aos blogs participantes que escrevam sobre um assunto relacionado com quadrinhos , dentro de um tema previamente escolhido. A edição número 1 foi sediada no Blog do Hiroshi e teve como tema um Top 10 sobre quadrinhos e teve a participação do Blog do Hiroshi , Rabisco , Reviews de histórias em quadrinhos , Quadrideko e Zine Acesso . A edição 2 foi sobre os grandes vilões dos quadrinhos, repetindo a participação dos blogs da edição anterior. A terceira edição teve como sede o Rabisco.org e tendo como tema as armas usadas no quadrinhos e teve o reforço de mais dois participantes, a Toca do Calango e o O busilis. Agora na edição número 4, o quartel-general do CQQ vai ser : "Em Algum Lugar dos Quadrinhos" , ou seja , os blogs participantes vão poder falar dos lugares existentes no quadrinhos, como por exemplo, Krypton, Thanagar, Zona Fantasma, Zona Negativa, Gotham City, OA , Atantis, etc.
É isso aí ! Os Blogs que quiserem participar desta edição do CQQ, é só entrar em contato que seram muito Bem- Vindos.

10 de janeiro de 2008

Duelo de Vilões - Dr Destino Vs Darkseid


Em matéria de Despotismo Autoritarismo e Arrogância, estamos bem servidos. Respondendo ao desafio proposto pelo Zine Acesso , vamos ao combate :
Dr Destino é filho de um curandeiro cigano e uma bruxa, nascido na Latvéria, durante um governo tirano. Após a morte de seus pais Victor Von Doom Jura vingança.
Von Doom herdou de sua mãe o talento para as artes místicas . Mas também desenvolveu um gênio cientifico extraordinário, segundo ele próprio superior ao de Reed Richards.
Mais tarde Von Doom construiria uma armadura usada para esconder sua face deformada em um experimento mal sucedido. A tecnologia bélica presente nesta armadura é suficiente para enfrentar a maioria dos heróis da Marvel em condições de igualdade.. Como se não bastase, mais tarde o Dr Destino vendeu sua alma á três demônios em troca de poderes mágicos ilimitados e uma nova armadura mística.

Darkseid ou Uxas era um Novo Deus Maléfico que vivia em Apokolips até ele matou seu irmão Drax para roubar a Misteriosa Força Ômega, se tornando um ser de pele rochosa.
Darkseid é capaz de disparar uma poderosa rajada incinerante dos olhos, o efeito omega. Diferente da maioria dos poderes óticos. ele não precisa dispará-lo em linha reta, podendo mesmo mudar sua direção no meio do caminho, fazendo complicadas curvas e desvios. Esta rajada tem o efeito de desintegrar, alterar a matéria, curar, teleportar ou dispersar através do tempo (viagem no tempo), de acordo com a vontade de Darkseid. Se Darkseid quiser, alvos desintegrados podem ser ressuscitados mediante um novo uso da rajada. Darkseid possui super-força e resistência capazes de rivalizar com Superman.
Ele também é capaz de criar vida a partir do próprio poder. Como todos os Novos deuses, Darkseid não envelhece segundo os padrões normais, e tem centenas de anos. Ele é um dos poucos Novos deuses malignos que foram capazes de adotar uma caixa materna. Sua inteligência também é sobre-humana, e é um grande cientista e estrategista.

Com certeza por mais que o Dr destino use de todo o se aparato Tecnológico e de seus poderes místicos , ele não escaparia dos raios ômega de Drakseid. Tavez até desse algum trabalho, mas no fim sumcibira ao poder de Darkseid.
Agora voltando para o Rabisco , eu repasso o seguite desafio: Que venceria um combate entre dois gigantes, Rino e Solomon Grundy ???

7 de janeiro de 2008

CQQ 03 - Os Lançadores de Teia do Homem Aranha

Os lançadores de teia do Homem Aranha são dispositivos usados em seus pulsos que podem disparar fios finos de um fluido especial em alta pressão. O fluido de teia é um líquido (até que uma força seja aplicada, onde ele se solidifica) cuja fórmula exata é ainda tão desconhecida, mas é parecido com nylon. Em contato com ar, a longa cadeia de polímeros forma uma fibra flexível extremamente dura, com propriedades adesivas extraordinárias. A qualidade fluida do adesivo diminui ligeiramente com a exposição ao ar. Em ambiente em não há contato com o ar, como no anel regulável do lançador, permanece adesivo. Depois de 1 hora, o fluido se dissolve em um pó. Como o fluido se sublima quase que instantaneamente em sua mudança de fase, não há entupimento das partes do lançador.

O mecanismo do atirador é de aço inoxidável, exceto o componente de turbina que é feito de um bloco de teflon e as duas sustentações da turbina que são feitas de âmbar e safira artificial. No pulso encontram-se pontas de aço afiado que furam os cartuchos quando estão em suas posições. A válvula é acionada por um gatilho na palma da mão que é protegida por uma banda de aço que requer uma pressão de 30 quilogramas. O pequeno compartimento de bateria é protegido por um protetor de borracha.


O interruptor está situado no topo da palma para evitar um disparo acidental. Um selo de borracha protege a pequena bateria compartimento. Na turbina encontramos uma peque na bomba que faz com que o fluído de teia fique sempre sobre pressão. Quando ejetado, o fluido entra encontrado com o ar e se solidifica, formando desde uma única linha até formas complexas, graças às aberturas ajustáveis encontradas na saída das turbinas. A resistência da teia está estimada em 54 quilogramas por milímetro quadrado da secção transversal. E a teia é lançada com uma pressão que pode alcançar uma distância de cerca de 10 metros.

Embora geniais, os lançadores de teia foram pendurados. Pudemos perceber no cinema e nos quadrinhos que atualmente, o cabeça de teia não precisa mais dos lançadores, pois agora a sua teia é orgânica. Embora isso pudesse parecer lógico para alguém que tem poderes de aranha, os lançadores de teia eram um o ponto de ligação do Aranha com Peter Paker. Afinal de contas quem criou os lançadores foi Peter e não o Aranha. Afinal de contas, Paker que é o gênio cientifico, é o homem por trás dos poderes. Sem falar nas cenas em que em acaba o fluido de teia e o Aracnídeo tem que se “virar” como pode. Acho que com o desaparecimento dos lançadores, os leitores perderam uma parte da essência do personagem. Mas... Nem tudo este perdido...
Na série One More Day, a saga que marca o fim de uma era para o Homem Aranha, que concluiu nos EUA na edição 545 de Amazing Spider-Man, a vida do cabeça de teia dá uma reviravolta. Graças a Mefisto, todas as lembranças e conseqüências do casamento com Mary Jane são apagadas da vida de Peter Paker. Com isso, entre diversas mudanças, a teia não é mais orgânica e ... para a felicidade de todos..., voltam os Lançadores de Teia. Não minha opinião isso só prova que os lançadores de teia são partes integrantes e importantes na construção do personagem, Homem Aranha
.
Fontes
:
http://www.marveldirectory.com/individuals/s/spiderman.htm
http://www.geocities.com/TimesSquare/Stadium/2126/lancador.htm
http://hqmaniacs.uol.com.br/principal.asp
.
Posts Relacionados no Quadrideko
:
Carnaval de Quadrinhos 1 - Top 10: As Heroinas mais Sensuais dos Quadrinhos
Carnaval de Quadrinhos 2 - Vilôes Preferidos : O Coringa
.
Este Post Faz parte da terceira edição do Carnaval de Quadrinhos das Quartas, na qual o tema foi: Armas e Equipamentos dos Super Herois. Para ler os outros posts que fizeram parte desta edição, confira no Blog Rabisco.