25 de fevereiro de 2008

Onde os Fracos Não Têm Vez - Melhor filme do Oscar 2008

Sinopse – No oeste do Texas, na década de 80, veterano do Vietnã aproveita uma venda malfeita de drogas para fugir com US$ 2 milhões. Porém, ele passa a ser perseguido por dois assassinos indignados e extremamente interessados no dinheiro.

Melhor filme"Onde os fracos não têm vez" é o grande vencedor da noite, arrematando 4 estatuetas.

Melhor diretor - Ethan e Joel Coen, de "Onde os fracos não têm vez".

Melhor roteiro adaptado - "Onde os fracos não têm vez".

Melhor ator coadjuvante - Javier Bardem ganhou o prêmio por sua participação em "Onde os fracos não têm vez

Os outros vencedores foram :

Melhor ator - Daniel Day-Lewis, protagonista de "Sangue negro".

Melhor roteiro original - A escritora Diablo Cody, da comédia adolescente "Juno".

Melhor documentário - "Taxi to the dark side", de Alex Gibney e Eva Orner.

Melhor documentário em curta-metragem - A produção americana "Freeheld" .

Melhor trilha sonora original - Dario Marianeli ganhou por seu trabalho em "Desejo e reparação".

Melhor fotografia - O filme "Sangue negro" .

Melhor canção original - "Falling Slowly", de Glen Hansard e Marketa Irglova, do filme "Once".

Melhor filme estrangeiro - A produção austríaca "The counterfeiters", de Stefan Ruzowitzky.

Melhor edição -"O ultimato Bourne" .

Melhor atriz - Marion Cotillard venceu o Oscar por "Piaf - um hino ao amor".

Melhor mixagem de som - "O ultimato Bourne" .

Melhor edição de som - "O ultimato Bourne" .

Melhor atriz coadjuvante - Tilda Swinton por sua participação em "Conduta de risco".

Melhor curta de animação - "Peter and the wolf" .

Melhor curta-metragem - A produção francesa "Le Mozart des pickpockets" .

Melhor direção de arte - Dante Ferretti e Francesca Lo Schiavo venceram por seu trabalho em "Sweeney Todd - O barbeiro demoníaco da Rua Fleet", de Tim Burton. .

Melhores efeitos especiais - O filme "A bússola de ouro" .

Melhor maquiagem - O longa-metragem "Piaf - Um hino ao amor" .

Melhor animação - "Ratatouille", de Brad Bird.

Melhor figurino -"Elizabeth - A era de ouro" recebeu a estatueta.