19 de novembro de 2007

A Lenda de Beowulf


Na história, o guerreiro Beowulf (Ray Winstone) derrota o demônio Grendel (Crispin Glover) em um duelo e atrai a ira da mãe do demônio, vivida por Angelina Jolie, o que provoca uma guerra de proporções nunca vistas. O longa, animado por computador no estilo de o expresso polar , com captura do movimento do elenco, tem direção de Robert Zemeckis . O elenco ainda tem Anthony Hopkins, John Malkovich, Robin Wright Penn, Alison Lohman, Brendan Gleeson, Dominic Keating, Ric Young e Chris Coppola. Por aqui, A Lenda de Beowulf estréia no dia 30 de novembro.

Beowulf, porém, não é apenas um exercício tecnológico. É também um filme com narrativa bastante competente. O superastro dos quadrinhos Neil Gaiman e o co-roteirista de Pulp Fiction Roger Avary trabalharam mais de 10 anos no texto, que adapta para o cinema (pela enésima vez) a história de Beowulf. Trata-se de uma das obras mais antigas da língua inglesa, contada por cerca de 700 anos apenas na forma oral por bardos e registrada como poema por monges séculos atrás. O próprio Gaiman brinca, dizendo que pensa em histórias como se fossem animais: "há as antigas, feito os tubarões e répteis; as mais novas, como as pessoas; e outras em exinção ou há muito desaparecidas". Beowulf beirou a extinção. Durante séculos foi esquecida até que foi redescoberta no século 16 em um único manuscrito com marcas de fogo - que atualmente está no Museu Britânico. Aos poucos, a história foi sendo contada novamente e voltou à vida. Agora, com o filme, ganha corpo e alcança o grande público.
O mais interessante da história é que antes de seu registro ela era quase uma brincadeira de "telefone sem fio" - cada pessoa que a contava dava a ela sua própria versão. Mesmo os monges que a transcreveram também o fizeram, colocando elementos cristãos na história. Assim, Gaiman e Avary sentiram-se bastante confiantes em "preencher as lacunas" dessa trama viva, já que o poema, leitura obrigatória em diversas escolas na Inglaterra e Estados Unidos (e considerada extremamente maçante pelos estudantes), é repleto delas.
Os escritores optaram então por relacionar elementos dos dois momentos narrativos do filme, separados por quase 20 anos. A decisão funciona bem nas telonas, com uma história bem amarrada e interessante. Nela, o reino de Hrothgar (Anthony Hopkins) é assolado por uma criatura disforme chamada Grendel (Crispin Glover). Para livrá-los do monstro, que os ataca em momentos de festa, o rei faz um apelo: Eles precisam de um herói. Surge então o corajoso nórdico Beowulf (Ray Winstone), caçador e aniquilador profissional de criaturas. Ele se oferece para eliminar Grendel, sem saber que, à sua maneira, a mãe do monstro (Angelina Jolie) é um problema ainda pior.