13 de outubro de 2007

Paulo Autran



Infelizmente o teatro Brasileiro perde um dos seus maiores artistas.Paulo Autran morreu nesta sexta-feira, aos 85 anos, em São Paulo. Leia abaixo frases que marcaram os 58 anos de carreira do ator.


“O teatro é sempre um desafio. Tenho muita pena do ator que diz que determinado papel tira de letra, porque isso quer dizer que ele vai se repetir. Qualquer que seja o personagem você tem que descobrir as características muito específicas dele para que não fique igual do outro que você fez, porque cada um tem sua característica e sua personalidade”


''Na minha cabeça eu não sou nada de melhor do que os outros”


"Fumo desde os 23 anos, não faço exercício, como de tudo e não tenho horário para nada. Não quero ser um exemplo"

"Deveria ter parado de fumar há 61 anos, no dia em que comecei”

"Meu próximo projeto para a televisão é não fazer televisão (...) Fazer TV é muito chato"

"A crise no teatro é um assunto eterno. Começou na Grécia, junto com o teatro. Mas o que chamam de crise é benéfico ao teatro, faz com que ele seja diferente da TV e do cinema, é a crise que estimula”

"É um prazer levar literatura ao rádio. Quem sabe não conseguimos resgatar a emoção dos ouvintes"


"Juntei bastante cuspe e cuspi com prazer no Paulo Francis" (Autran saiu em defesa da atriz Tônia Carrero, que estava sendo alvo do colunista)


"Nunca havia dado um soco em ninguém. É difícil, sabe? O corpo se contrai, o braço fica sem força" (ainda sobre a briga com Francis)

"Quando escrevi minha última poesia ela era bem pior do que a primeira, então costumo dizer que, em benefício da literatura brasileira, nunca escrevi poesia"

"Apesar de todos os problemas econômicos, não se pode ignorar o fato de que estamos em plena democracia e esta foi uma vitória do povo brasileiro. Mas todos nós esperamos que o Brasil melhore ainda mais"

"Eu não me afastei do cinema, gosto muito de fazer cinema. O cinema é que se afastou de mim. Recebo poucos convites e geralmente os scripts não me interessam"

"Enjoei de fazer novela. Aquela coisa dos próximos capítulos, de ficar muito tempo preso a uma mesma historinha, era muito chata, embora sempre me divertisse na hora de gravar"

"Não costumo dar conselhos, porque é bobagem... Mas, quem quiser seguir, é uma boa dica" (ao responder sobre a opção de não dividir o mesmo teto com a esposa)